sábado, 30 de março de 2013

Uma mensagem de Cassandra aos leitores



Cassandra Clare no topo das listas dos mais vendidos: 

O top 10 do Nielsen BookScan 1  para a semana de 24 de março teve cinco lançamentos, com Princesa Mecânica de Cassandra Clare (terceiro livro da série Peças Infernais) no topo da lista dos mais vendido com 68.000 cópias na primeira semana nas lojas que informam seus números ao Nilsen Book Scan. Há também um filme baseado em Cidade dos Ossos, que é o primeiro da série Instrumentos Mortais, este será lançado em Agosto deste ano. 2


Ave e Adeus Peças Infernais - e obrigado


Queridos Caçadores de Sombras,



Eu queria lhes contar uma pequena história de Peças Infernais. Quando comecei a escrever esta série, muitos me contaram ficções históricas, períodos históricos fictícios, com excessão de romances - não venderia, ninguém leria, meus leitores de Instrumentos Mortais não me seguiriam nesta série que se passa séculos atrás e o minha de lançá-la como uma série alternativa era "totalmente insana".

Mas eu estava apaixonada com a ideia de Peças Infernais, seus personagens e a história, e decidi escrevê-la de qualquer forma, pois o que seria da vida sem paixão pelos seus projetos... Descobri que, mesmo que poucos lessem a série, alguns ainda se apaixonariam por ela.

Desde a publicação de Anjo Mecânico, a resposta dos leitores tem sido avassaladora. Como disse, eu esperava que poucos lessem, mas nunca sonhei que tantas pessoas se apaixonariam pelos personagens que tanto amei e viessem a abraçar a história que me dei a chance de escrever.

Na semana passada eu estive em turnê por Princesa Mecânica e recebi uma tonelada de notícias maravilhosas. Anjo Mecânico e Príncipe Mecânico ambos estrearam em número 1 na lista dos livros mais vendidos para crianças do NYT (New Yourk Times). Mas quando uma série chega aos três livros, a série para sai da lista de livros para crianças e vai para a lista de séries mais vendidas - onde os pesos realmente pesados ​​como Jogos Mortais, Crepúsculo, Harry Potter e Percy Jackson permanecem. Jamais sonhei que Princesa Mecânica estaria no topo desta lista. (Instrumentos Mortais tem estado no topo da lista, mas não é ficção histórica.)

Na quarta-feira recebi a notícia de que Peças Infernais atingiu o topo (número 1) na lista de séries do New York Times. O que significa que a minha série de ficção histórica, que todo mundo me disse que ninguém iria ler, estreou em 1º lugar em todos os três lançamentos (Anjo Mecânica, Príncipe Mecânico e Princesa Mecânica).



Lista dos livros mais vendidos para crianças do New Yourk Times.

 E há também Instrumentos Mortais, em 6º lugar nas listas dos "Times"3.

Então, meu editor me mandou este tweet:

RT @jpchanda: Parabéns! Você tem o livro número 1 dos Estados Unidos! E a série também é número 1 da lista no New York Times. Nossa! NOSSA! Tudo graças aos maravilhosos leitores.


Então, eu chequei e era verdade: Princesa Mecânica não foi apenas o mais vendido livro infantil na Norte do país, foi o livro MAIS vendido. No país.

Caramba. E isso não é tudo isso mesmo:


Depois de lançado como o número 1 na lista dos mais vendidos pelo New York Times - a série Peças Infernais também conquistou o topo na lista das séries no Publisher's Weekly e em segundo lugar na lista do USA Today, Princesa Mecânica conquistou o topo da lista dos mais vendidos também no Wall Street Journal.

DE QUALQUER FORMA. Tenho um ponto importante a tratar que não é sobre mim, é sobre mim, é sobre vocês, leitores. Enquanto trabalhando nas séries (o que tenho feito desde 2008) me vi por várias vezes duvidando de mim mesma, e a minha não-domesticada ideia de escrever uma ficção histórica, que fosse uma trilogia, e baseada em Um Conto de Duas Cidades (de Charles Dickens); eu realmente queria escrever e tinha esperança de fosse lida. Mas vocês nunca desistiram de mim, mesmo quando eu duvidei. Peças Infernais foi uma grande montanha de trabalho - muitos meses de pesquisa, trabalhando com histórias de primeira-mão, trabalhando com os maravilhosos pesquisadores que me ajudaram (Neil Stephenson e Libba Bray afinando os detalhes desta ficção histórica), memorizando dicionários de gírias vitorianas, indo e vindo à Inglaterra e Gales diversas vezes no ano, jogando para o alto um vazo de plantas (bom, esta última parte não era estritamente necessário, mas isto realmente aconteceu em minha última visita a Londres). Mas tudo isso foi trabalho para vocês: aceitando e aprendendo a amar novos personagens, adaptando-se ao mundo da Londres vitoriana, aceitando um grande volume de uma dicção estranha de latim, galês e mandarim lançado dentro de suas cabeças, e vocês conseguiram: vocês provaram ter uma imaginação e capacidade de adaptação e estar ainda mais abertos do que os editores gostam de imaginar que os leitores são.

Vocês leitores de Peças Infernais, fizeram isso acontecer: amaram e celebraram os livros, deram apoio em todos os números, muito além do que eu poderia imaginar.
Sou veementemente grata àqueles que vieram de Instrumentos Mortais para Peças Infernais pensando que poderiam amar os Caçadores de Sombras de qualquer época. Ainda, veementemente grata, àqueles que encontraram Peças Infernais primeiro, e passaram a amar esta história. Sou grata a todos vocês por darem a mim, a este mundo e a estes personagens, a chance que deram. Não há como medir minha gratidão à todos vocês, que seguiram Tessa, Will e Jem até o fim... e além disso.
Por firm, gostaria de dizer: escrever esta história era um dos sonhos de minha alma. Obrigado por sonharem o meu sonho comigo 4.



1 Nielsen BookScan: índice que mede e analise as vendas de livros no mundo todo.
2 A imagem refere-se ao post da Publisher's Weekly.
3 grandes jornais de circulação local e internacional diária
4 achei que manter a poesia usada por Cassandra Clare seria mais importante do que explicar o que ela quiz dizer: Obrigado por compartilhar o meu sonho.
5 coloquei todas as traduções de imagens em cinza para destar o maravilhoso texto de Cassie.

tradução de Jaqueline Dimbu