domingo, 14 de abril de 2013

Trecho 17 - Príncipe Mecânico

Mais um trecho Príncipe Mecânico traduzido, o de número 17/45, num diálogo entre Will e Tessa, e só nos deixa ainda mais curiosos sobre em que ocasião ele se dá.

Lembre-se os trechos não possuem a tradução oficial, por isso, após a publicação do livro, você pode encontrar algumas diferenças nos termos, mas a essência se mantém.
Alguns desses trechos lançados são pequenas frases, outros são parágrafos ou cenas inteiras que foram deletadas na edição.

Curta sua leitura!

O diálogo é entre Will e Tessa.


"Will," disse ela, assustada, "o que você está fazendo acordado?" Será que ele estava assistindo-a dormir, se perguntou? Mas isso não seria nada típico da parte de Will.
"Lhe trouxe uma tisana", disse ele, um pouco tenso. "Parecia que você estava tendo um pesadelo."
"Parecia? Eu nem me lembro com o que eu sonhei. "Ela puxou as cobertas sobre si mesma, embora sua modesta camisola a cobria bem. "Parecia uma fuga, onde a vida real se torna um pesadelo e, o sonho é o único lugar onde eu poderia encontrar a paz. "
Will pegou a caneca e sentou-se ao lado dela na cama. "Aqui. Beba isso."
Ela pegou a caneca obedientemente. A tisana tinha um gosto amargo, mas apelativo, como a casca de um limão. "O que isso vai fazer em mim?", Ela perguntou. "Acalmar você", disse Will.